Atitudes Que Um Bom Técnico Deve Evitar


Todo o Bom Técnico de Computadores e Redes tem um vasto conhecimento e sabe aplicar a sua experiência de forma eficiente, para prestar um bom serviço e satisfazer os seus clientes.





Geralmente, o bom Técnico consegue realizar com tranqüilidade tarefas como:

  • Manter Seu Computador Protegido
  • Recuperar Documentos
  • Montar Um Cabeamento De Rede Corretamente
  • Identificar e Instalar dispositivos desconhecidos com facilidade
  • Realizar Backups e Recuperação de Dados
  • Melhorar o desempenho do Windows
  • E muitas outras coisas…

Porém, existem algumas coisas que um Bom Técnico de computadores não pode fazer, se quiser manter uma boa clientela e evitar problemas. Esta matéria foi inspirada no artigo escrito por Jack Wallen para o site TechRepublic.com e como sempre, como o conteúdo é muito bom, resolvi traduzir e adapta-la para a nossa realidade no Brasil.

Em um momento ou outro, você pode terminar um atendimento, e sair se perguntando se fez tudo certo. Não me refiro unicamente às questões que envolvem a configuração do computador — mas à coisas como a sua interação com o cliente e a forma como você agiu durante o atendimento. Sua maneira de agir em cada situação pode determinar o resultado do trabalho e se o cliente vai te chamar novamente ou não.

Se você deseja criar uma boa reputação, baseada em integridade, ética e profissionalismo, Você nunca deve:



Ridicularizar o trabalho de outro consultor


Nada te fará parecer mais amador do que zombar ou tentar humilhar o trabalho dos outros. Pode ter Certeza disso. É claro que os técnicos que trabalharam naquele cliente antes de você podem ter cometido erros gritantes… Mas, você tem certeza absoluta de que eles não fizeram aquilo por algum motivo justo ?¿ Nunca se sabe… Portanto, é sempre melhor manter o comentário para si. Se você diz coisas como .:

  • “Bem, Eu nunca teria feito isso dessa maneira!”
  • “O técnico anterior fez um trabalho medíocre ao configurar esta máquina.”

Isso só faz você parecer mesquinho e maldoso. Faça o seu trabalho o melhor que puder e sempre mantenha esse tipo de observações “offline”.



Fazer o que não esta autorizado e dar o “balão”


Se você trabalha para uma empresa de consultoria, deve saber que existem maneiras corretas pelas quais os clientes podem encomendar peças, equipamentos ou serviços. Claro que, se tiver tempo e eles precisarem que você resolva mais algum problema, é correto fazer isso, desde que esteja sendo cobrado o valor correto do atendimento. Mas quando é preciso adquirir peças ou periféricos, deixe os clientes utilizarem os meios adequados para isso. Não vá citando preços e taxas que você não tenha 100% de certeza, e não tende vender diretamente aos clientes do seu patrão. Se você acha que um cliente pode precisar de alguma peça, instrua-o a ligar na empresa para acertar a compra diretamente.

Vender peças e equipamentos, tentando ganhar algum dinheiro extra passando por cima da empresa onde trabalha, ou cobrar por “serviços extras”, além de gerar problemas, pode te garantir a possibilidade de ser demitido.





Fazer as famosas Gambiarras

A última coisa que você deve fazer é “Dar um Jeitinho” ou aplicar a tão conhecida “Gambiarra”. Você pode fazer algum reparos paliativos, desde que tenha certeza de que poderá voltar para aplicar uma correção permanente. Lembre-se que em algum momento a gambiarra vai parar de funcionar e isso pode acabar gerando um problema muito maior. Este tipo de coisa deixará o seu cliente completamente frustrado, e com certeza, o seu nível de competência como técnico vai escorrer como uma enxurrada…




Ser Folgado



Certifique-se de que o cliente somente pagará pelo tempo que você realmente trabalhou. Isto pode ser complicado se os clientes são amigos pessoais ou conhecidos de amigos. Quando você vai para um atendimento como este, você sabe que vai ter que gastar algum tempo socializando. Então não conte este tempo como sendo parte do atendimento. Somente comece o período de faturamento quando você realmente começar a trabalhar e não enquanto ainda estiver conversando sobre o jogo de ontem à noite, uma data especial, sobre o tempo ou a teoria do Big Bang.




Implicar com funcionários do Cliente



Você está lá para atender também aos empregados do seu cliente, e eles podem ou não continuar fazendo as suas tarefas enquanto você estiver trabalhando. Você pode estar atrapalhando o trabalho deles. Mas você tem um trabalho a fazer, e na maioria das vezes, querendo ou não, tem que respeitar o funcionário. É neste momento que você começa a se comportar como se os funcionários estivessem te atrapalhando que as coisas ficam tensas. Mesmo se você estiver trabalhando em um pequeno espaço, Lembre-se que você é o invasor — não eles.



Bancar o garanhão



Não importa o quão bonitos ou sensuais os seus colegas de trabalho ou clientes ( e funcionários ) sejam, não paquere. Você está ali trabalhando e não alimentando a sua libido. Além disso, você nunca sabe quão frágil é a linha entre um Flerte ingênuo e um processo por assédio sexual, e você não vai querer um processo desses movido contra você ou sua empresa.



Participar de discussões fúteis


Nós todos sabemos que últimos assuntos que você quer discutir no local de trabalho são futebol, política e religião. Não importa o quão forte é a sua opinião, não discuta. Se fizer isso, vai acabar se arrependendo. Da mesma forma que você tem a sua opinião formada os seus colegas te trabalho e clientes tem as deles, e entrar em discussões por causa destes assuntos poderá gerar grandes constrangimentos.



Chegar quieto, Sair Calado…



Suponhamos que você tenha alterado a área de trabalho de uma estação de maneira tal que o usuário nem perceba. Se o “proprietário” daquele desktop não esta lá, você deve informa-lo de todas as alterações feitas que possam afetar o uso do computador, mesmo que seja para melhorar o seu desempenho. Não importa o quão pequena foi essa alteração. Você nunca sabe ao certo o seu nível de competência, então você não pode ter a certeza de que esta pequena alteração não causara outros problemas. Isto é especialmente verdadeiro se foi algo relacionado ao hardware do computador.



Deixar de fazer relatórios de atendimento



A documentação é quase sempre um dos últimos pensamentos na mente de um técnico fajuto. Mas deveria ser um dos primeiros. Documentar o atendimento será sempre um fator de segurança, tanto para o técnico quanto para o cliente. Quando você retornar a um cliente, você não quer ter que descobrir o que você ou outro técnico da sua empresa fez da última vez que esteve lá. Portanto, sempre faça o seu relatório de atendimento e quando voltar no cliente, vai saber exatamente o que aconteceu na última vez que esteve lá. Além disso, se você não fizer o relatório de atendimento e o cliente reclamar de você ou do seu atendimento na empresa, este documento poderá te ajudar a esclarecer dúvidas sobre como ocorreu o atendimento e te livrar de problemas. O seu relatório tem que ser sempre bem escrito e detalhado, por isso, adquira o hábito de fazer o relatório, mostra-lo para o cliente e esclarecer qualquer dúvida antes de pegar a assinatura dele. ( Sempre !!! )



Se recuse a ouvir as necessidades dos funcionários do Cliente



É inevitável que, enquanto você está trabalhando, os funcionários do cliente venham falar contigo. Muitas vezes, eles vão ficar fascinados com o que você está fazendo. E, quase sempre, vão assumir que sabem mais ou tanto quanto você e vão querer te ajudar. Mas, mesmo apesar de todas as tolices que você ouvir, alguém pode saber de um pequeno problema que é a causa principal de um problema bem maior. Ou alguém pode estar com algum outro problema que pode ser resolvido facilmente ( e faturado ). Mantenha seus ouvidos abertos e não faça com que os funcionários do Cliente se sintam como se o que eles têm a dizer não é importante ( mesmo que não seja ).


Consultoria e manutenção de computadores é um negócio complicado. Você tem que ser profissional, você sempre tem que tratar seu cliente como se fosse o cliente mais importante que você tem. Pise na bola uma única vez, e pode ter certeza de que sua reputação estará manchada com aquele cliente, e com todas as pessoas que ele conhece, para sempre. Por outro lado, siga estes conselhos simples e os clientes vão sempre te chamar novamente e encaminha-lo para outros.

Agora compartilhe, deixe um comentário se você tem mais alguma dica importante, indique este artigo para os seus colegas de trabalho e até mesmo para os seus clientes. Afinal, isto pode server para eles perceberem se estão sendo bem atendidos ou não

Fontes: TechRepublic.com
Ktecnet
Fórum do Guia do Hardware




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Feed Orkut Fórum Facebook Twitter
 

Copyright © Caixa de dicas | Política de Privacidade | Todos os direitos reservados |